Projeto Consciência, Cor e Arte oferece mais uma oficina neste mês de agosto para as comunidades quilombolas de Triunfo

O projeto Consciência, Cor e Arte não para!

O projeto escrito pela Escola Milton Pessoa, que fica na zona rural de Triunfo, no sítio Santa Maria, e que foi vencedor, em 2017, do Selo Município Inovador em Educação pela Escola de Inovação em Políticas Públicas (EIPP) da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), está sendo desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Triunfo, através da Secretaria de Educação, e como segunda ação está oferecendo mais uma oficina neste mês de agosto para as comunidades quilombolas de Triunfo: Águas Claras e Livramento.

Desta vez, o projeto oferece a oficina de Curta Metragem no Celular, cujo objetivo é retratar, em pequenas filmagens, a cultura, as estórias e a história local. O roteiro, bem como as filmagens serão desenvolvidos pelos alunos.

Esta é mais uma ação do projeto, que busca o resgate da história e da cultura local dessas comunidades.